terça-feira, 21 de julho de 2009

Dever-ser além do direito

Acordei-me com a gostosa satisfação do meu caminhar profissional, mas com um profundo desejo: eu deveria ter aproveitado melhor meu tempo acadêmico. Hodiernamente posso conversar com meus mestres de outrora com propriedade de quem realmente conhece o assunto, opinando, buscando as melhores soluções para os litígios narrados ou uma metodologia mais eficaz para um dado assunto a ser lecionado. Mas me deixa triste o fato de que eu deveria ter lido mais em meus anos de faculdade, deveria ter adquirido mais livros, deveria ter feito mais cursos de extensão, alias, deveria ter tido mais contato com meus professores, ter conversado mais, ter solicitado mais exemplos ilustrativos durante as aulas....mas a vida é assim mesmo, nunca estamos satisfeito com o que temos e o que fazemos, a maioria das pessoas sempre procura aperfeiçoar seus passos, quer seja na vida profissional, quer seja na vida pessoal e, por que não, na vida amorosa também. Mas é fato, o amadurecimento só ocorre com o tempo, é inexistente o amadurecimento instantâneo. Nossa!!! Sinto-me velha, talvez porque poucos de minha idade tem o determinismo essencial à realização das metas de vida. Mas se realmente fosse possível voltar o tempo e viver meu período universitário, certamente teria me preenchido de mais cultura, mais leitura, mais buscas por novas pesquisas, talvez até eu tivesse tido a oportunidade que tenho atualmente de divulgação de meus escritos. Enfim, aos que leem: intensifiquem seu modo de vida em todas as suas áreas, não se contente com tão pouco se você pode sempre fazer um pouco mais e este pouco mais - no futuro - certamente será recompensador.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Promovva Comunicação Estratégica